QUEM PODE PARTICIPAR

• Organizações da Sociedade Civil (OSCs), de direito privado, sem fins lucrativos, inclusive cooperativas e que sejam registradas há, pelo menos, 2 anos;

• Prefeituras, Governos Estaduais e outras instituições públicas ou autarquias das esferas municipal e estadual, desde que pertencentes ou atuantes em algum município da lista de locais de execução, apresentada ao lado;

• Hospitais com fins lucrativos que sejam registrados há, pelo menos, 2 anos, e cujas propostas inscritas a este edital envolvam SOMENTE as atividades e/ou os atendimento gratuitos pela rede SUS que realizam;

LOCAL DE EXECUÇÃO DAS PROPOSTAS


As propostas devem ser executadas e/ou contemplar ao menos, um dos seguintes municípios:

Goiás
Buriti Alegre, Rio Verde, Mineiros e Jataí

Minas Gerais
Uberlândia

Mato Grosso do Sul
Dourados

Mato Grosso
Lucas do Rio Verde e Nova Mutum

Pernambuco
Vitória de Santo Antão

Paraná
Dois Vizinhos, Carambeí, Toledo, Francisco Beltrão, Paranaguá e Ponta Grossa

Rio de Janeiro
Seropédica

Rio Grande do Sul
Serafina Corrêa, Marau e Lajeado

Santa Catarina
Capinzal, Concórdia, Videira, Campos Novos, Herval D'oeste e Chapecó

São Paulo
Tatuí

Inscrições de 22 de dezembro de 2020 até às 18h do dia 16 de abril de 2021
TIPOS DE PROPOSTAS

Serão selecionadas propostas com as seguintes características, organizadas de acordo com seu objetivo e escopo:

• Patrocínio a projetos: os recursos do IBRF serão destinados a iniciar e/ou manter uma ação específica da organização, que possui escopo definido, podendo ou não acabar com o fim do patrocínio do IBRF;

• Apoio institucional: os recursos do IBRF patrocinarão a organização como um todo, de modo que os recursos serão distribuídos para a manutenção e/ou início de diferentes atividades, e/ou para o pagamento de rubricas administrativas e/ou de gestão;

• Apoio à administração pública: os recursos serão utilizados somente para patrocinar a COMPRA de materiais e equipamentos (a ser realizada pelo IBRF) e posterior repasse dos itens para os governos municipais ou estaduais.

VALOR MÁXIMO POR PROPOSTA

Na Frente Educação e Inclusão Tecnológica, as propostas podem solicitar até R$25.000,00.


PRAZO DE INSCRIÇÃO

Serão analisadas as propostas da Frente Educação e Inclusão Tecnológica submetidas até às 18h de 16 de abril de 2021. Propostas dessa Frente inscritas após esse período serão desclassificadas.

EXEMPLOS DE PROPOSTAS

São exemplos de propostas alinhadas à área de “Educação e Inclusão Tecnológica”:

• Desenvolvimento de metodologias e tecnologias de capacitação de educadores para inovação no ensino à distância;

• Fomento a redes e programas de apoio a estudantes e famílias nesse contexto;

• Desenvolvimento e distribuição de tecnologias e ferramentas que promovam a acessibilidade;

• Promoção de atividades culturais e/ou didáticas online a estudantes;

• Outras ações que contribuam para a educação e a inclusão tecnológica no contexto de pandemia de Covid-19.



Para informações e esclarecimentos de dúvidas sobre o conteúdo deste edital, sugerimos, inicialmente, a leitura do Regulamento. Se ainda assim restarem dúvidas, envie uma mensagem ao e-mail editalnossapartepelotodo@prosas.com.br

Anexos & Complementares

Atualização

Conteúdo

Download PDF

13/01/2021

Anexo I - Regulamento - Edital Fundo Nossa Parte Pelo Todo - IBRF 2021

Download XLS

21/12/2020

Anexo II - Cronograma

Download XLS

21/12/2020

Anexo III - Orçamento

Download PDF

13/01/2021

Anexo IV - Perguntas Frequentes

Arquivos relacionados ao edital:

- O Anexo I possui o Regulamento completo;

- O Anexo II possui o modelo de Cronograma a ser preenchido e anexado no formulário de inscrição;

- O Anexo III possui o modelo de Orçamento a ser preenchido e anexado no formulário de inscrição;

- O Anexo IV possui as Perguntas Frequentes.

Etapas do processo seletivo

1) Análise eliminatória:
realizada com todos as propostas inscritas, quando será analisado o cumprimento dos requisitos previstos neste regulamento;

2) Análise técnica classificatória:
realizada com projetos aprovados na etapa anterior, respeitando os critérios de seleção previstos no regulamento (e listados ao lado);

3) Análise documental:
será realizada com as propostas classificadas na etapa anterior e baseada na regularidade dos documentos listados no regulamento deste edital;

4) Análise final:
realizada com propostas aprovadas na etapa anterior. Nesse momento, o Instituto BRF, baseado em sua estratégia de investimento social e recursos disponíveis, definirá as propostas patrocinadas.

Critérios de seleção

Durante a etapa de análise técnica, serão utilizados os seguintes critérios para a classificação dos projetos:

• Capacidade técnica e operacional da organização: serão avaliados aspectos técnicos gerais da organização. Ela deve apresentar conhecimento sobre a localidade, sobre o público atendido, capacidade de execução da proposta enviada, experiência na temática e transparência nas suas ações;

• Viabilidade operacional e financeira do projeto: serão avaliados aspectos técnicos gerais do Plano de Trabalho da proposta. Ele deve ser coerente com o impacto negativo da pandemia identificado, demonstrar relação causal entre impactos da pandemia, atividades da proposta e objetivos esperados, e ter coerência orçamentária com as ações previstas;

• Inclusão Social: a proposta deve priorizar o público em situação de vulnerabilidade durante a pandemia, apresentando o contexto enfrentado por este público na pandemia e explicitando como as ações propostas efetivamente contribuirão para a mitigação dos impactos negativos;

• Potencial de Impacto: espera-se que a proposta gere um impacto positivo, concreto e eficaz na mitigação dos impactos negativos gerados pela pandemia de Covid-19, sejam estes impactos nos grupos sociais, na comunidade, e/ou na organização social proponente. O acompanhamento de indicadores de resultados da proposta será considerado um diferencial;

• Capacidade de Mobilização: é importante que a organização conheça a realidade do público beneficiado e tenha experiência em se comunicar com ele e em o mobilizar. Será considerado um diferencial as organizações que atuam em rede com outros atores sociais, como a própria comunidade, com o poder público, com outras organizações etc.

Como Participar

JUNTE-SE AO INSTITUTO BRF PARA FAZERMOS A NOSSA PARTE PELO TODO

Caso você já tenha um perfil na plataforma, basta fazer um login e preencher o formulário. Caso contrário, você precisará fazer um perfil da sua organização e na sequência preencher o formulário do IBRF.